quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Carnaval

Este ano a Biblioteca Bernardino Machado promoveu um Carnaval Literário, isto porque para além de expor as máscaras criadas pelos alunos expôs também máscaras de caricaturas de escritores portugueses, dando-os, assim, a conhecer.
Não há como aliar a diversão ao conhecimento!

Uma Biblioteca de afetos

A Biblioteca Bernardino Machado comemorou os afetos com músicas, poemas, frases que os alunos escreveram e afixaram na árvore dos afetos, livros e com a leitura dramatizada da peça de teatro O Sapo Apaixonado de Max Velthujs.
Os alunos do 6º E e D ouviram, no passado dia 9 de fevereiro, a leitura dramatizada da peça, efetuada pelas professoras Fátima Pires e Joaquina Faria. Debateram os sentimentos abordados na peça e acabaram por reconhecer que o amor é um dos assuntos preferidos dos escritores. Sendo assim, recordamos grandes pares românticos da literatura e da história, como Pedro e Inês, Simão e Teresa, Tristão e Isolda, Luísa e Basílio, Carlos e Maria Eduarda, Romeu e Julieta... entre tantos outros!
Os alunos não resistiram a folhear os livros referidos, concretizando, desta forma, os nossos objetivos.


Hora do Conto e Oficina de Escrita

O conto escolhido para os alunos de 6º ano ouvirem, na semana passada, foi O Papagaio e a Flor.
Aproveitando a época em que se comemoram os afetos, vários alunos ouviram a leitura dramatizada do conto de Rubén Alves e refletiram sobre a mensagem que o conto transmite.
Refletiram sobre as relações que se estabelecem entre seres diferentes, neste caso entre um papagaio e uma flor e o respeito pela diferença e pela liberdade.
Aproveitamos para encerrar a história com três finais diferentes, que os alunos fizeram ao seu gosto, dinamizando, assim, uma oficina de escrita.


Fórum de leitura

Os alunos do 6º ano da turma E protagonizaram o último fórum de leitura, realizado no passado dia 7 de fevereiro. Os 45 minutos que durou o fórum foram poucos para os livros que os alunos queriam apresentar, no entanto o entusiasmo com que os alunos o fizeram foi contagiante.
Parabéns aos nossos leitores!


Concurso Nacional de Leitura

Decorreu, no passado dia 7 de fevereiro, a fase de escola do Concurso Nacional de Leitura.
Na Biblioteca Bernardino Machado realizaram a prova os alunos de 2º ciclo e de 7º ano, que se inscreveram na mesma.
Os livros a concurso eram O Rapaz Milionário de David Walliams e O Gato e o Rato que se tornaram Amigos de Luís Sepúlveda.
Será selecionado um aluno vencedor, no agrupamento, de cada ciclo, que representará a escola.

Formação de utilizadores

A Biblioteca Bernardino Machado tem dinamizado várias Formações de Utilizadores, sobretudo dirigidas aos alunos do 5º ano.

Os temas têm incidido sobre a pesquisa de informação e a organização de trabalhos escolares, uma vez que cada vez mais, os alunos precisam desta formação e é uma das funções da Biblioteca, aumentar as literacias dos alunos e colaborar no seu enriquecimento cultural e pessoal


.

Autor do mês na BM



O autor do mês de fevereiro na Biblioteca Bernardino Machado é Eduardo Agualusa, uma vez que é um dos autores dos textos estudados pelos alunos de 7º ano.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Aqui há talento!

O nosso placard "Aqui há talento!" continua a divulgar alguns trabalhos que os alunos fazem por iniciativa própria, ou nas oficinas de escrita, dinamizadas na Biblioteca, ou, ainda, os trabalhos do Miguel, elaborados durante o projeto Leituras inclusivas.

Passem pela Biblioteca, para apreciar os trabalhos expostos, ou para deixar os da vossa autoria.





Mia Couto - autor do mês na BE do 1º Ciclo

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Comunidade de Afetos

No âmbito da Semana dos Afetos os alunos foram desafiados a escrever, nos cartões disponibilizados pela biblioteca, uma frase, um pensamento, uma mensagem ou um verso de amor ou amizade.

A colaboração dos alunos encheu o coração de AMOR.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Autor do mês de fevereiro - Jeannette Walls



Jeannette Walls é autora e jornalista americana amplamente conhecida como ex-colunista de fofocas e autora de The Glass Castle (O Castelo de Vidro), um livro de memórias da vida familiar e da sua infância, que ficou no New York Times na Lista de Best Seller por 261 semanas.
 Jeannette Walls nasceu em 21 de abril de 1960, em Phoenix, Arizona, numa família pouco convencional e bastante nómada. Walls mudou-se para New York aos 17 anos para se juntar a sua irmã Lori (um artista de Archie Comics). Jeannette terminou o ensino médio na cidade com a ajuda de bolsas, empréstimos, bolsas de estudo e trabalhando como telefonista num escritório de advocacia de Wall Street. Acabou por se formar em 1984 com excelência.
No início da sua carreira, trabalhou no jornal de Brooklyn chamado The Phoenix e tornou-se um repórter tempo inteiro. De 1987 a 1993, escreveu a coluna "Intelligencer" para a revista New York. Contribuiu regularmente para a coluna de fofocas "Scoop" no MSNBC.com de 1998 até 2007.




terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Ler em família na biblioteca

Depois dos avôs promoverem a leitura em família, chegou a vez de convidar algumas mães a partilharem leituras na biblioteca, espaço privilegiado para desenvolver a imaginação e emoções.
As atividades dinamizadas nas turmas do 1º ano recaíram na obra “O Livro da Tila” de Matilde Rosa Araújo, que serviu para explorar a componente lúdica e pedagógica. Alguns poemas foram lidos pela mãe e respetiva filha, outros foram cantados e dois tiveram uma vertente teatral.
O envolvimento da mãe, alunos e professores foi de tal forma emotivo que originou momentos de prazer na partilha da leitura, ajudou a desenvolver a imaginação e, acima de tudo, sensibilizou os meninos para o valor a dar à Mãe, fonte de AMOR (primeiro poema a ser lido).



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Leituras inclusivas


A Biblioteca e as leituras que proporciona continuam a ser inclusivas, dando, assim, cumprimento ao projeto Leituras Inclusivas.
Desta vez lemos um conto que nos ensinou a falar "veres", a linguagem da Vera e o Miguel gostou tanto do conto que desenhou a turma da Vera.

24 de Janeiro - Dia Internacional dos Jornalistas e Escritores


Comemorou-se no passado dia 24 de janeiro, o Dia Internacional dos Jornalistas e Escritores. Com a intenção de honrar quem nos informa todos os dias e nos traz o mundo, proporcionando-nos o acesso à informação e ao conhecimento a Biblioteca Bernardino Machado trouxe à escola a jornalista Emília Monteiro. 
A Jornalista convidada conversou com os alunos do 7º B sobre as especificidades da sua profissão, deixando os alunos motivados e curiosos em relação ao texto jornalístico, que estudarão brevemente. Para além de enriquecer os alunos com a sua sabedoria, a nossa jornalista enriqueceu a Biblioteca com dois livros que ofereceu à escola e que muito agradecemos.



A Biblioteca decorou-se para o dia, com uma montra recheada de jornais, livros, não esquecendo o jornalismo praticado nos restantes meios de comunicação  social.


quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Projeto “Turma Imbatível" na Escola Básica de Boca do Monte

 A Escola Básica de Boca do Monte recebeu no dia 24 de janeiro o projeto “Turma Imbatível” deliciando os alunos numa manhã friorenta mas muito animada. A participação empenhada dos alunos nos vários jogos lúdico-pedagógicos sensibilizou os mesmos para o combate da obesidade infantil e o sedentarismo bem como para a promoção de um estilo de vida mais saudável.
Este projeto é dirigido a alunos do 1º ciclo do ensino básico, e tem como objetivo promover estilos de vida saudáveis de uma forma divertida.

É Composto essencialmente por atividades e jogos nas escolas, foi desenvolvido com o apoio da Direção-Geral da Saúde, da Direção-Geral da Educação e do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável.


quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Novidades na Biblioteca Bernardino Machado




Chegaram e já estão devidamente catalogadas e ao dispor dos alunos muitas novidades literárias!
Passa pela Biblioteca, já as podes ler.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Malala a menina que queria ir à escola

No âmbito da atividade Leituras Inclusivas, os alunos CEI do ensino secundário iniciaram a leitura do livro Malala a menina que queria ir à escola.
Ficaram a conhecer a menina Paquistanesa que recebeu o Prémio Nobel da Paz e que tentaram matar por defender o direito das raparigas irem à escola.
As diferenças religiosas e culturais, o papel da mulher na sociedade, bem a discriminação sexual, que continua a existir apesar das longas lutas travadas pelo seu combate foram alvo de conversa.

Continuamos a lutar e a sensibilizar para a igualdade de direitos entre homem e mulher.


quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Leituras Inclusivas

As Leituras Inclusivas continuam com os alunos CEI. 
Ler, interpretar, recontar, sintetizar e organizar ideias tem sido o objetivo destas sessões, que com os novos livros direcionados e adequados a estes alunos, tem permitido o desenvolvimento das competências essenciais ao nível da leitura.