segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Dia Internacional da Biblioteca Escolar

O dia 22 de outubro, Dia Internacional da Biblioteca Escolar, foi celebrado na "Casa de Camilo" com a apresentação de um vídeo sobre a importância da biblioteca e da leitura.
O textos apresentados a Concurso foram selecionados e apurado um vencedor, que pela correção linguística e a criatividade mereceu a unanimidade da equipa da BE.

Parabéns ao vencedor!




Outros Textos...


quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Formação de utilizadores

O Mês Internacional das Bibliotecas Escolares começou com a apresentação da Biblioteca. 

Procurando dar resposta às necessidades dos seus leitores, numa perspetiva de contínua melhoria dos serviços prestados pela Biblioteca Escolar Bernardino Machado, a professora bibliotecária promoveu durante o mês de outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares – sessões de formação de utilizadores, com vista a uma rentabilização e correta utilização dos espaços e serviços, assim como da pesquisa acervo documental disponível.
Acompanhados pelos Diretores de Turma, os alunos de 5.º ano tomaram conhecimento das áreas funcionais da BE, dos serviços ao seu dispor, dos tipos de documentos existentes, das regras de organização e funcionamento e do modo como os documentos estão organizados.
A Biblioteca é uma estrutura fundamental dentro da nossa escola, um espaço de felicidade e aprendizagem, sendo necessário fomentar o uso adequado dos seus serviços e promover a autonomia nos alunos, enquanto utilizadores deste espaço e dos seus serviços.

Dia Mundial da Alimentação


Na Biblioteca Bernardino Machado celebrou-se a alimentação saudável, no passado dia 16 de outubro,  com leituras e maçãs.
Alguns alunos do 5º ano ouviram a leitura do conto "As maçãs do Sr. Peabody", falaram sobre a importância de praticar uma alimentação saudável e acabaram todos a comer maçãs.



Dia Mundial do Animal - 4 de outubro


 No dia 4 de outubro comemorou-se, na Escola Bernardino Machado, o Dia Mundial do Animal.
Os alunos do 5º ano estiveram na Biblioteca Bernardino Machado onde assistiram a uma palestra dinamizada pelas alunas do CPTAS do 3º ano e pela médica veterinária Dr.ª. Patrícia Araújo.
Com esta atividade pretendeu-se sensibilizar os alunos para a necessidade de proteger os animais e a preservação de todas as espécies; alertar os alunos para a problemática dos maus tratos e abandono dos animais; mostrar a importância dos animais na vida/saúde das pessoas; incentivar os alunos a doar ração, mantas, detergentes e brinquedos ao Canil Municipal de Vila Nova de Famalicão.
Os alunos tiveram a oportunidade de perceber como devem reagir se encontrarem um animal perdido/abandonado ou maltratado.
Compreenderam, ainda, como é feito o exame médico (quando um cão é entregue no veterinário) e como se faz a identificação do proprietário através do chip.
Através da campanha de recolha foram angariados aproximadamente 50kgs de ração seca para cães e gatos, latas de ração húmida e brinquedos.






Fotografias com livro da HUMANITAVE


As bibliotecas do 1º ciclo realizaram uma sessão fotográfica promotora do livro (Re)Contando Histórias da Lusofonia, da Associação de Emergência Humanitária - HUMANITAVE.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Biblioteca interdisciplinar - Dia Mundial da Alimentação


A biblioteca "A Casa de Camilo" associou-se ao Dia Mundial da Alimentação, com a projeção de um PowerPoint sobre a temática, durante o dia 16 de outubro.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Dia Mundial do Professor

A Biblioteca Bernardino Machado recordou o Dia Mundial do Professor, comemorado no passado dia 5 de outubro e homenageou todos os professores oferecendo um marcador com um poema de agradecimento pelo trabalho desenvolvido.
O poema foi musicado e interpretado pelos alunos do 5ºA, que desta forma agradeceram a todos os professores que dedicam a sua vida aos alunos.






terça-feira, 9 de outubro de 2018

Autor do mês de outubro na BE "A Casa de Camilo"


Ferreira de Castro (José Maria Ferreira de Castro) (1898-1974) nasceu no concelho de Oliveira dos Azeméis, distrito de Aveiro, Portugal, em 1898. Filho de camponeses, com oito anos perdeu seu pai. Com 12 anos emigrou para o Brasil, vivendo algum tempo na cidade de Belém, no Pará, em seguida mudou-se para o interior, onde entrou em contacto com a selva amazónica.
Trabalhou como seringueiro durante quase quatro anos. Nessa época escreve contos e crónicas, que enviava para diversos jornais. Com 14 anos, escreve seu primeiro romance “Criminoso por Ambição”, só publicado em fascículos, em 1916, quando retornou para Belém do Pará. Continuou colaborando para jornais e revistas.
Em 1919, Ferreira de Castro regressou para Portugal, passou dificuldades e demorou algum tempo para o seu trabalho ser reconhecido. Em 1922 publicou “Carne Faminta” e em 1923 lançou “O Êxito Fácil”, obras que o notabilizaram.
Entre 1925 e 1927 foi redator do jornal O Século, dirigiu o jornal O Diabo e colaborou com as revistas O Domingo Ilustrado e Ilustração. Em 1928, “Emigrantes” elevou ainda mais seu prestígio como escritor, uma vez que o romance foi reconhecido em diversos países. Em 1930 publicou “A Selva”, uma de suas obras-primas. Em 1934, Ferreira de Castro decide abandonar o jornalismo, em razão da censura prévia do período de ditadura que se instalou em Portugal.





Reviver a Mafaldinha na BE "A Casa de Camilo"


A rubrica mensal da biblioteca escolar "A Casa de Camilo", que inclui provérbios, pensamentes e Leituras com Humor é sempre alvo de curiosidade dos alunos e restante comunidade, pelo que nas leituras com Humor decidimos relembrar os livros da Mafalda.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Leitur@s com humor


Demos início à nossa atividade Leitur@s com humor com o cartaz - Livro: arma contra a ignorância.
Tudo para promover a leitura e fazer rir os nossos alunos.

Outubro - Mês Internacional da Biblioteca Escolar

Eu ❤️a Biblioteca
É este o lema da Biblioteca Bernardino Machado durante o mês de outubro, por ser o Mês Internacional da Biblioteca Escolar.
Demos-lhe início com uma montra alusiva ao tema, mas seguir-se-ão muitas mais demostrações de afeto pela Biblioteca.

Sentimentos em Várias Línguas

Sentimentos em Várias Línguas é o tema da primeira exposição, do presente ano letivo, a decorrer na Biblioteca Bernardino Machado.
Os alunos de 7º ano foram os autores dos trabalhos expostos, realizados no âmbito das disciplinas de línguas.

Bem vindos ao novo ano escolar

A Biblioteca Bernardino Machado recebeu os alunos com o carinho que a carateriza, desejando a todos um excelente ano letivo com boas leituras!



quinta-feira, 4 de outubro de 2018

A Casa de Camilo a Comemorar o MIBE

Sob o Lema Eu Amo a Biblioteca Escolar, "A Casa de Camilo" embelezou o seu espaço dedicando-o ao tema. Lançou também um Concurso para celebrar este mês, visando estimular a escrita e a criatividade dos alunos.


sexta-feira, 15 de junho de 2018

Feira do Livro Usado na Biblioteca Bernardino Machado


Com o intuito de promover o livro e a leitura, a Biblioteca Bernardino Machado promoveu a Feira do Livro usado, de 30 de maio a 8 de junho.
Com esta iniciativa, a equipa da Biblioteca pretendeu proporcionar um contacto vivo e direto com grande número de títulos adequados às diferentes idades dos nossos alunos; assegurar a presença de novidades, que eventualmente a biblioteca escolar ainda não possua, e a presença de títulos menos recentes que já não se encontrem disponíveis em livrarias, tornando mais amplo o leque de escolhas; incentivar o manuseamento e a apreciação dos livros expostos, por parte dos alunos, para se habituarem a fazer escolhas fundamentadas. Além de todas estas vantagens, esta feira possibilita a compra a preços mais convidativos, graças aos descontos que os fornecedores oferecem e abre a possibilidade de mobilizar os pais para que ofereçam livros aos filhos.

Os alunos aderiram à iniciativa com entusiasmo, por isso é uma atividade a promover sempre.








Finalista no Concurso Nacional de Leitura 2018



   O aluno, Pedro Afonso, foi um ilustre finalista no Concurso Nacional de Leitura 2018. Este ano, o CNL teve uma participação de 5000 alunos, sendo selecionados 200 de escolas de todo o país, para a final que decorreu no dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, no Teatro-Cine de Pombal.
Para além de realizar as provas escritas, fez a leitura expressiva dos livros: A Maior Flor do Mundo, O Príncipe Feliz e O Tubarão na Banheira, seguindo-se a argumentação do aluno, em defesa do livro escolhido e, finalmente, a prova de improviso em palco.
O Pedro Afonso demonstrou, desde a primeira fase deste concurso, competência de expressão escrita e leitora, nomeadamente no primeiro momento a nível da escola, a que se seguiu o municipal e o intermunicipal, sendo apurado para a final. Apesar de não fazer parte dos 20 selecionados a subir ao palco, teve a oportunidade de vivenciar a promoção da leitura e dos livros assistindo à atuação dos colegas finalistas.
Foi uma” festa” muito emocionante e enriquecedora.
Parabéns, Pedro Afonso, pela tua participação.